Papai Noel por acaso

Assista aqui a reportagem do Bom Dia SP

Pelo terceiro ano consecutivo, os ciclistas do Instituto Cicloativo, liderado pelo André Pasqualini, receberam doações de bicicletas encostadas e as reformaram para doá-las a crianças pobres.

Este ano, foram “apenas” 70 bicicletas, depois das 100 do primeiro ano e das 250 do segundo. Não por falta de doações, mas por falta de mais braços para reformá-las e recolocá-las em condições de uso.

Junto com a família, passei uma tarde limpando, montando e tentando regular os freios das bicicletinhas (aliás, cabe aqui um parêntese: tá na hora dos fabricantes equiparem as bicis infantis com freios de verdade, não esses de faz-de-conta-que-funciona). E no domingo descemos para Pilões.

Naquele dia, tirando eu, o André e o Silvio, só foram voluntárias, incluindo as três que moram comigo, meninas valentes dos sete aos setenta anos, que botaram a mão na graxa e não se intimidaram diante do trabalho pesado sob o sol. Os outros dois rapazes já tinham outras tarefas, então a fantasia de papai noel sobrou pra mim. Não, meus cabelos brancos e barriguinha natural nada tiveram a ver com a escolha, que foi uma consequência deles desconhecerem totalmente meus talentos cênicos.

Vesti a fantasia o melhor pude, posei para fotos com crianças e ganhei delas beijos, olhares desconfiados, sorridentes, pidões e alegres. Mas também alguns chorosos, pois não havia bicicletas para todas. Se os que dedicaram vários fins de semana ao projeto queriam ter conseguido mais, o que dizer de mim, que ajudei muito pouco.

Mas foram 70 crianças que terão as boas lições de equilíbrio, autonomia e expansão de horizontes que uma simples bicicleta pode oferecer em tenra idade e que talvez nunca tivessem se o projeto não existisse.

A boa notícia é que o projeto agora é permanente. As doações e reformas de bicicletas continuarão durante o ano todo numa pracinha atrás do Terminal de ônibus da Vila Mariana e qualquer um pode ajudar (saiba mais em www.cicloativo.org).

No fim, vestir essa fantasia para mim foi um grande privilégio, pelo qual agradeço ao Cicloativo. Desejo a todos um Natal cheio de experiências tão edificantes quanto as que nós tivemos.

O Bom Dia SP acompanhou a entrega das bicicletas. Assista aqui.

Compartilhe: 

Comentar