Ficção

Posts classificados na categoria Ficção.

Dos males, os menores

Em um subsolo de estacionamento, dois motoristas consumiam suas já baixas provisões de paciência rodando em busca de uma vaga livre para estacionar, até que a encontraram, ao mesmo tempo, a mesma única vaga. Um veio pela direita, outro pela esquerda, quase colidiram, ninguém conseguiu estacionar, mas avançaram o suficiente para impedir o outro de entrar.

Declaração de voto

Amigos, evitei entrar em bate-boca até agora, mas diante de tantas barbaridades que tenho lido, sinto que é meu dever cívico me manifestar. Porque eu vi a Luz, e seria muito mesquinho não compartilhar com vocês este Insight que tive o privilégio de receber.

Por isso venho a público fazer um apelo à razão, conclamando todos os Cidadãos de Bem a votarem no Meu Candidato, pelos motivos que listo a seguir:

Tumulto no centro

São Paulo - Um contingente de mil civis foi destacado pela Sociedade para reprimir com violência uma manifestação com a mesma quantidade de policiais que se concentravam pacificamente no Centro durante o final da tarde deste sábado.

O Hall

Dois grandes portões de ferro trabalhado, idênticos, um à frente do outro, formando uma cela, adiante um espelho d’água com cascata, e atrás, emoldurado por duas colunas, o hall envidraçado, pé-direito duplo, exibindo orgulhoso todo seu interior aos transeuntes, com poucas e requintadas peças de mobiliário. O centro era rigidamente marcado, acima por um lustre pendente de galhos de cristal, folhas de latão e lâmpadas no lugar de flores; abaixo pelo piso, ornado por uma rosácea de mármores brancos, pretos e castanhos. Ao fundo, um grande espelho duplicava todos os elementos e a rua.

Dos significados do K

Casimiro Leal não costumava dedicar muita atenção ao mural de Maria Cândida, posto que suas atualizações de status em geral versavam sobre banalidades, o trânsito para o trabalho, se ia chover ou fazer sol, as colheitas de Farmville, youtubes de artistas populares, abaixo-assinados pelo meio-ambiente, adoção de cãezinhos abandonados.